Patagônia argentina e chilena + Buenos Aires – 4ª parte: de volta a El Calafate

Iniciamos a série de postagens sobre a Patagônia e Buenos aires com um resumo geral.

Posteriormente, demos seguimento aos posts com nosso diário de bordo, que começou com El Chálten. No post anterior, falamos de Puerto Natales e Torres del Paine. Neste contaremos nossa mundança na Patagônia argentina: El Calafate.

Vem mundar?! Boa leitura!

09.11.14 (domingo): El Calafate

Às 8h45 nos buscaram no hotel para fazermos o passeio de quadriciclo, fechado com a Viva Patagonia! (há saídas diariamente às 9h e às 14h30).

IMG_0646_1024
“Varanda” de nossa cabaninha nas Cabañas Normanna Inn

O preço do passeio é 650 pesos para cada condutor. Eu fui na garupa, então pagamos 910 pesos. Nesse valor está incluído lanche (bolinhos e bebidas quentes) e transfer (não podemos ir de carro particular até o local). 

Vamos de van até determinado ponto. Subimos um trecho com aquelas cadeirinhas de estação de ski/teleférico, sabem?

G0571150_1024

Depois nos preparamos para o passeio: conhecemos o guia, que nos dá as orientações de como conduzir, pegamos o capacete e começamos. O passeio é muito legal e o guia bem preparado. Tem uma super atenção com todos (estávamos com mais um casal, cada um deles num quadriciclo individual).  Passamos por lama, neve, subidas etc, com paradas para fotos. É tudo bem divertido e seguro e dura por volta de 40 minutos.

                      G0611203_1024 G0601192_1024

Nesse dia vimos neve fofinha pela primeira vez, “depositada” no local do passeio. Super legal! (comentário másculo do Caio, incomodado com meus comentários meigos: pô, irado mano)

Na volta, paramos na lanchonete para o lanche, os atendentes são super divertidos. Por alguma razão técnica, em vez de voltarmos com as cadeirinhas, voltamos de Balcón – um outro passeio oferecido pela empresa, que vai até o mesmo local, mas de uma forma mais “conservadora”, também interessante: um caminhão 4×4 enorme, com janelas enormes, cobrindo todas as laterais.

GOPR1330_1024

Nessa atividade, são feitas paradas e os guias explicam de forma interessante algumas peculiaridades da fauna e flora da região. Há saídas diárias às 9h, 14h30 e 18h, mas não sei dizer o preço. Outro passeio oferecido nesse mesmo local é o “Cross fire”, feito de mountain bike. O horário de saída é igual ao do quadriciclo, mas também não sei sobre preços.

IMG_0764_1024
Planta que dá nome ao local: Calafate

De volta ao hotel, pegamos nosso carro e fomos ao Glaciarum (museu do gelo) e ao GlacioBar (bar de gelo). Ficam no mesmo ambiente, a 15km de Calafate, funcionam de 11 às 19h.

IMG_0812_1024

IMG_0848_1024

O bar custa 30 pesos. Permanecemos 20min nele, podendo beber o quanto conseguir. Na verdade, o “conseguir” não diz respeito à sua capacidade de ingerir bebidas alcoólicas, mas de conseguir vez na fila haha. Estrategicamente é disponibilizado 1 garçom para fazer os drinks das 20 pessoas que entram juntas.

Uma dica para quem quiser embriagar-se é entrar, pegar o 1º drink, tirar fotos com as esculturas de gelo e voltar para a fila. Os shots também são uma boa pedida.

                                       IMG_0821_1024IMG_0839_1024

É possível ir até o bar e depois voltar ao museu sem problemas. Ele custa 200 pesos. O museu é interessante, principalmente no início da viagem, antes de estar cara a cara com os glaciares etc, o que faríamos nos passeios seguintes.

Há ainda uma lojinha de lembranças no local. As camisas são de qualidade e há também sabonetes líquidos que amei. Depois descobri que a cidade também vende os sabonetes, mas, se não me engano, o preço do museu é melhor.

Após, fizemos novas compras no Anonima (incluindo lanches para os passeios) e fomos jantar no La Tablita, em que fizemos reserva na noite anterior. Por sugestão do garçom, pedimos uma espécie de queijo na chapa de entrada: muito bom! Como prato principal, pedimos cordeiro patagônico para dois e purê. Uma garrafa de vinho. Foi um bom jantar, mas, para mim, não condiz com a fama e preço do restaurante… Acredito que seja mais uma questão de tradição do que de alta qualidade. O Casimiro é melhor.

IMG_0882_1024
Entrada no “La Tablita”

10.11.14 (segunda): El Calafate – Kayak

Acordamos cedo nesse dia para o passeio de kayak. Como dispensamos o transfer e não tínhamos certeza de como chegar ao local de encontro, saímos com antecedência. Mas não tem segredo, é possível sair 30 minutos antes e seguir as placas em direção a Punta Banderas. É o porto em que se pega o barco em direção ao passeio. Lembre de conferir se está indo para o kayak, pois o outro é para a Estância Cristina, outro passeio.

É o passeio mais caro, mas o custo-benefício compensa: 1.250 pesos (+ 150 de transfer que não pegamos). Há saídas segunda, quarta, sexta e sábado. A atividade dura cerca de 2h e o passeio completo totaliza 8 a 9 horas. Até chegar ao local, vamos passando por diversos icebergs e os guias (muito simpáticos) vão explicando os procedimentos.

                    IMG_0869_1024 PB100021 (2)_1024

Recebemos roupas térmicas e equipamentos novos, em boas condições. Os kayaks são para dois (se estiver sozinho, formará dupla com outro participante) e o passeio é todo muito bem supervisionado pelos guias. Sou uma negação no remo, então acabou sobrando todo o serviço para o Caio, que achou um pouco cansativo (sorry! hihi).

                        G0711347_1024 G0711354_1024 PB100004_1024

Na volta, há lanche no barco (sanduíche, fruta, café, água) e na TV passam as imagens do passeio que acabou de acontecer, as quais eles entregam para os participantes num pendrive (incluído no preço).

               PB100029_1024          PB100011_1024 PB100009 (2)_1024

                         PB100091_1024 PB100106_1024 PB100013 (2)_1024

11.11.14 (terça): El Calafate – Perito Moreno

No dia seguinte, fomos de carro fazer o Minitrekking no Perito Moreno, que fica no Parque Nacional de Los Glaciares.  Começou a nevar no caminho e foi muito emocionante!

IMG_0884

A entrada no parque é 150 pesos e só aceitam dinheiro. É preciso levar casaco impermeável (ou um casaco extra), comida, água, óculos de sol e luvas (para evitar lesões em caso de queda). Quem não tiver as luvas, recebe um par no acampamento, antes do início do passeio. O Caio não havia levado um casaco extra, ficamos preocupados com a neve caindo e os guias foram super solícitos, arranjando um casaco para ele.

Vamos de barco do estacionamento até a sede do Parque, onde existem banheiros e uma sala com armários para armazenar nossos pertences e algumas mesas, em que almoçamos ao voltar.

                                   IMG_0890 IMG_0894

Os visitantes são divididos em grupos e podem escolher entre guias que falam inglês ou espanhol. Próximo à base do Perito Moreno, colocamos os “grampones” e os guias explicam como utilizá-los para se firmar bem e com segurança no gelo.

IMG_0923_1024

O passeio dura cerca de 1h30, a caminhada é leve/moderada e somos presenteados com uma paisagem impressionante, enquanto os guias explicam questões interessantes sobre as geleiras, com paradas estratégicas para fotos.

IMG_0897_1024

IMG_5539_1024

                     G0221888_1024G0051691_1024

                     G0121796_1024 GOPR1697_1024

                     GOPR1676_1024 G0161839_1024

                       G0081754_1024   IMG_5562_1024

                                      IMG_0932_1024 IMG_0943_1024

No final, o grupo faz um brinde com whisky e gelo retirado do próprio glacial, com alfajor para acompanhar.

DCIM107GOPRO

Depois é possível visitar as plataformas para avistar o Perito Moreno. O espetáculo dos desprendimentos é sensacional! Momento único ver e escutar os blocões de gelo caindo no Lago Argentino. Super vale a pena.

                  IMG_5578 IMG_5588

E aí, tem como não se apaixonar por El Calafate?

Anúncios

Um comentário sobre “Patagônia argentina e chilena + Buenos Aires – 4ª parte: de volta a El Calafate

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s